Luxembourg: Tendências de captação de recursos nas Europas Central e Oriental

Last Updated: 6 February 2019
Article by Simon Bodjanski

Depois das condições "Goldilocks" para private equity e mercados de capitais de risco, parceiros limitados e gerais estão começando a ver sinais de um ambiente em mudança

No mês passado, eu tive o prazer de moderar um painel no CEE M&A and Private Equity Forum em Varsóvia. O tópico de discussão foi como private equity e os mercados de capitais de risco mudaram desde seu "ano de destaque" em 2017 e que tendências estamos vendo nas Europas Central e Oriental (CEE).

O ano de 2017 certamente aumentou as expectativas. Ativos sob administração atingiram, globalmente, US$ 2,83 trilhões até junho de 2017, estabelecendo um novo recorde. Os retornos de Horizon para private equity foram os melhores dentre todas as classes de ativos deste tipo, e estes foram os fundos de melhor performance dentre os de pensão globalmente. A satisfação dos investidores foi próxima das maiores de todos os tempos, e o balanço líquido dos investidores que estão planejando aumentar suas alocações a curto e longo prazo para esta classe de ativos teve um nível recorde.

Nós temos o ciclo estabelecido de uma forte captação de recursos + fluxo de negócios + saídas – levando a um imenso fluxo de retorno para parceiros limitados (PLs), com distribuições de excesso de pagamentos antecipados. 2017 não só levantou um valor recorde de US$ 453 bilhões globalmente, mas também a maioria destes fundos fecharam dentro ou acima de suas metas, e de maneira relativamente rápida.

Um mercado em mudança

As previamente mencionadas condições "Goldilocks" não devem continuar para sempre. Quais são as implicações para PLs e parceiros gerais (PGs)? Ainda que possa ser prematuro chamar isso de novos ares no mercado, em 2018 vimos sinais da mudança no ambiente.

Fontes de financiamentos

Perguntei no painel do fórum como PLs e PGs na CEE estão obtendo financiamentos.

Brian Wardrop, Sócio-Gerente na ARX Equity Partners, sediada em Praga, explicou que, para fundos menores ou iguais a €150 milhões, PLs locais privados (institucionais e não-institucionais estão se tornando muito mais relevantes. "A República Tcheca parece ser a líder neste sentido, devido a um número de fatores específicos, tais como a saída do Banco Europeu para Reconstrução e Desenvolvimento (EBRD) do país, juntamente com outros fatores. Vejo isso como uma evolução natural e uma maturação do mercado de PE da CEE a longo prazo. A região deve começar a parecer mais com as bases das PLs da Europa Ocidental com mais capital local."

Marco Natoli, Head de Lower Mid-Market e Europas Oriental, do Norte e do Sul no Fundo de Investimentos Europeu (FIE), adicionou que o papel de Instituições Financeiras Internacionais (IFIs) é crucial para fundos menores, gestores emergentes e times de primeira viagem. Ele também apontou para a experiência do FIE como PL: "nós estamos focados em levantar recursos para a região de origem pública ou de IPNs (Instituições Promocionais Nacionais), tipicamente com objetivos de política anexados. Mais recentemente, a FIE desenvolveu uma estratégia de levantamento de fundos privados, com fundos de pensão, Fundos Soberanos (FSs) e assim por diante, e a CEE está inclusa como parte da oferta."

A sócia do Polish Development Fund Limited, Annemarie Dalka, disse ao painel que uma base sólida de investidores locais é crucial, especialmente para os fundos pequenos e médios. Este é o motivo pelo qual eles estabeleceram um programa de Fundos de Fundos (FoF) para PE mais cedo neste ano. No ano que vem, haverá uma nova fonte de financiamento para fundos de PE na Polônia – os planos de pensão privados, conhecidos como PPK.

Retorno, perfis de risco e especialização na CEE

Nossa discussão se voltou para os temas que apareceram na captação de fundos na CEE em termos de retornos associados com perfis de risco e especialização.

Ondřej Vičar, Sócio Geral na Genesis Capital, sediada em Praga, disse que há uma tendência específica aparente na região (fortemente presente na República Tcheca). É o número crescente de escritórios familiares/grupos financeiros recém-criados que administram capital, muitas vezes vinculados a uma atividade empreendedora anterior de seus fundadores. "Como parte de suas atividades, eles geralmente aleatoriamente e oportunamente tentam investir em empresas (criando uma potencial competição em acordos específicos para PGs), mas, por outro lado, eles têm a tendência de não ter nenhuma visão clara ou estratégia ao fazer isso, frequentemente sem experiência e melhores práticas". Ele espera que gradualmente, estes grupos se tornem uma nova fonte de capital para o PE indiretamente, por meio de gestores de fundos profissionais."

O Sr. Wardrop comentou que empresas no lado menor estão se tornando mais especializadas, seja por geografia ou setor/situação, ou ambos. "Os dias de um PG menor, focado em fundos pequenos ou médios cobrindo toda a CEE estão terminados. Em termos simples – a necessidade de diferenciar e especializar é clara."

O painel discutiu se estes temas são exclusivos para o levantamento de fundos na CEE ou se há similaridades em relação ao que estão vendo globalmente.

O Sr. Natoli disse que a CEE não pode fugir das tendências globais de arrecadação de fundos. "A região se beneficiou parcialmente da vasta disponibilidade de dinheiro, mas não em um nível que a posicionaria estavelmente no radar de investidores internacionais."

Ele apontou que os resultados de captação de recursos na CEE ainda estão ligados a apenas alguns nomes bem-sucedidos. "Os números relativamente positivos do ano passado foram o resultado do fechamento de somente cinco fundos. Uma base maior (e mais bem distribuída) de players ativos seria desejável. A CEE está atualmente passando por uma evolução de um mercado 'em desenvolvimento' para um mercado 'desenvolvido'. Ainda que esteja mais próximo da Europa Oriental em um nível macroeconômico, na alocação de PLs, a CEE ainda está localizada ao lado de outros mercados de PE em desenvolvimento, tais como LATAM, MENA e Sudeste da Ásia."

A Sra. Dalka destacou que algumas das tendências globais são guiadas pelo tipo de PL e suas necessidades específicas. "Para empresas de seguros, tem a ver com o uso eficiente de Ativos Medidos por Risco, e daí vem seu foco em achatar a curva-J, por exemplo, por meio de linhas de subscrição. Para FoFs, o foco é aumentar o retorno geral, por isso o aumento do apetite por co-investimentos."

Problemas comuns para Parceiros Limitados investindo na CEE

Enquanto vemos o mercado da CEE se desenvolver, também vemos um aumento de custos – tais como trabalhistas. Quanto estes aumentos diminuem o apetite de investimentos de PLs?

Dalka acredita que o aumento nos custos é equilibrado pelo amplo crescimento do PIB da região, de forma que a mudança geracional cria oportunidades de mercado.

O Sr. Natoli disse que a CEE não é percebida como uma região homogênea, e as circunstâncias específicas de cada país podem afetar a percepção e o apetite de PLs. Ele também argumentou que os custos crescentes são o único elemento que preocupa. "Também tem a ver com a eficiência e a diferenciação das várias estratégias de investimento. Muitos players na região, que inicialmente tiveram sucesso ao tentar atrair capital com fundos jovens, falharam em provar suas habilidades de se moverem de estratégias generalistas guiadas pelo tema de convergência econômica para estratégias especializadas adaptadas para as oportunidades de cada país".

O Sr. Vičar disse que o tamanho da maior parte dos mercados da CEE definitivamente seriam um problema para um PL, juntamente com sua fragmentação, diferentes moedas, diferentes ambientes culturais e legais e variedade de línguas. "Por outro lado, a convergência econômica, a sucessão e algumas outras macrotendências ainda motivam o investimento na região. Neste aspecto, faz sentido para PLs investirem na CEE buscando fundos de países – gestores de fundos que se especializam em cobrir um ou dois países muito detalhadamente, com o valor agregado no entendimento das especificidades e habilidade de superar as barreiras e limitações previamente citadas."

Como investidores locais e internacionais estão interagindo com o mercado?

Investidores locais naturalmente têm uma maior presença na CEE do que investidores internacionais. O Sr. Vičar diz que, na prática, isso frequentemente significa um maior escopo de atividades no mercado local. "Frequentemente, investir em um PE é uma forma de vender serviços adicionais para investidores locais – tais como financiamento de bancos, serviços de F&A, indivíduos com alto patrimônio líquido. Em alguns casos, além dos investimentos em fundos e um acordo pré-estabelecido e pré-acordado, eles podem ativamente buscar em paralelo, suas próprias oportunidades diretas de investimento. Isso pode, em algumas situações, constituir um potencial conflito de interesses ou pelo menos resultar em uma posição incerta de um ponto de vista do PG".

O Sr. Natoli acredita que ainda faltam investidores locais no mercado. "Vemos alguns sinais de melhorias, por exemplo a PRF na Polônia, alguns NPIs em outros países, mas isso ainda não é suficiente." Ele disse que a presença substancial de investidores locais é crucial para atrais PLs internacionais, já que eles oferecem uma recomendação local fundamental para investidores estrangeiros.

Agentes de colocação

Fiquei interessado nas visões do painel sobre agentes de colocação. Os PGs internacionais estão usando agentes de colocação para captação de recursos na CEE? Quais são os benefícios de usar agentes de colocação locais?

O Sr. Wardrop comentou que os melhores agentes querem oferecer fundos maiores, e sua visão pessoal é que a os agentes de primeira linha valem, discutivelmente, as comissões que cobram por algumas razões específicas.

O Sr. Vičar disse que agentes de primeira linha são caros demais para a maioria dos fundos menores, mas também que eles hesitariam em trabalhar com estes por causa dos custos de oportunidades. Usar agentes de classe B pode não entregar os resultados e se tornar até mesmo prejudiciais, já que o agente pode ferir a reputação de seu cliente se não se portar profissionalmente e/ou pressionar demais os investidores para disponibilizar capital.

O Sr. Natoli comentou que somente uma porção dos PGs usam agentes de colocação na CEE e isso pode ser primariamente ligado aos custos. "Os benefícios trazidos por agentes de colocação capacitados vêm da melhor preparação para o PG para o exercício de captação de recursos, além da gestão eficiente de processos e o desenvolvimento de uma abordagem direcionada para diferentes classes de PLs em diferentes estágios da captação de recursos."

A Sra. Dalka reiterou que muitos PLs têm certos limites de alocação e tamanho que os gestores baseados na CEE não podem atender; por isso usar um agente de colocação é compreensível. "Nós só queremos ver um PG pagando os custos associados de seus próprios bolsos. Acho que o trabalho feito por associações como a Invest Europe ou ILPA, dos quais somos membros, está ajudando com a transparência e a unificação de relatórios."

Principais conclusões

A principal particularidade da captação de recursos na CEE é a sua evolução atual de 'mercado em desenvolvimento' para 'mercado desenvolvido'. A região ainda é percebida como um risco (principalmente associado aos diferentes riscos de cada país). A especialização e diferenciação de PGs na CEE é a chave e uma base de PL local é crucial para fundos de pequeno a médio porte na CEE. Um fator constante no desenvolvimento da indústria é a necessidade de se ter a melhor informação possível para ajudar os PLs e PGs a decidir e executar suas estratégias.

Globalmente, estamos vendo o mercado de private equity e venture capital se concentrando, com os maiores fundos capturando uma fatia crescente de ativos. Apesar disso, ainda há muitas oportunidades para fundos de primeira viagem, que em geral têm tido retornos um pouco melhores do que seus pares mais antigos. O ESG é de interesse crescente, não apenas por princípio, mas também como um caminho para retornos mais altos e confiáveis. E as rotas de private equity estão se proliferando, à medida que os PLs buscam estruturas alternativas que atendam às suas necessidades individuais, e os PGs procuram oferecer produtos correspondentes.

Fale conosco

Os escritórios da TMF Group na CEE nos permitem oferecer um apoio completo, desde o estabelecimento de fundos até a administração de fundos/SPV. Nossa excepcional plataforma de serviços de infraestrutura é combinada com o conhecimento local expertise para que você tenha os melhores padrões de entrega de serviços.

Precisa de mais informações? Entre em contato conosco hoje mesmo.

Descubra como nossos serviços podem ajudar você a manter seu foco em suas atividades principais

The content of this article is intended to provide a general guide to the subject matter. Specialist advice should be sought about your specific circumstances.

To print this article, all you need is to be registered on Mondaq.com.

Click to Login as an existing user or Register so you can print this article.

Authors
Events from this Firm
3 Oct 2019, Webinar, Rotterdam, Netherlands

To view this Webinar in full click here

 
Some comments from our readers…
“The articles are extremely timely and highly applicable”
“I often find critical information not available elsewhere”
“As in-house counsel, Mondaq’s service is of great value”

Related Topics
 
Related Articles
 
Related Video
Up-coming Events Search
Tools
Print
Font Size:
Translation
Channels
Mondaq on Twitter
 
Mondaq Free Registration
Gain access to Mondaq global archive of over 375,000 articles covering 200 countries with a personalised News Alert and automatic login on this device.
Mondaq News Alert (some suggested topics and region)
Select Topics
Registration (please scroll down to set your data preferences)

Mondaq Ltd requires you to register and provide information that personally identifies you, including your content preferences, for three primary purposes (full details of Mondaq’s use of your personal data can be found in our Privacy and Cookies Notice):

  • To allow you to personalize the Mondaq websites you are visiting to show content ("Content") relevant to your interests.
  • To enable features such as password reminder, news alerts, email a colleague, and linking from Mondaq (and its affiliate sites) to your website.
  • To produce demographic feedback for our content providers ("Contributors") who contribute Content for free for your use.

Mondaq hopes that our registered users will support us in maintaining our free to view business model by consenting to our use of your personal data as described below.

Mondaq has a "free to view" business model. Our services are paid for by Contributors in exchange for Mondaq providing them with access to information about who accesses their content. Once personal data is transferred to our Contributors they become a data controller of this personal data. They use it to measure the response that their articles are receiving, as a form of market research. They may also use it to provide Mondaq users with information about their products and services.

Details of each Contributor to which your personal data will be transferred is clearly stated within the Content that you access. For full details of how this Contributor will use your personal data, you should review the Contributor’s own Privacy Notice.

Please indicate your preference below:

Yes, I am happy to support Mondaq in maintaining its free to view business model by agreeing to allow Mondaq to share my personal data with Contributors whose Content I access
No, I do not want Mondaq to share my personal data with Contributors

Also please let us know whether you are happy to receive communications promoting products and services offered by Mondaq:

Yes, I am happy to received promotional communications from Mondaq
No, please do not send me promotional communications from Mondaq
Terms & Conditions

Mondaq.com (the Website) is owned and managed by Mondaq Ltd (Mondaq). Mondaq grants you a non-exclusive, revocable licence to access the Website and associated services, such as the Mondaq News Alerts (Services), subject to and in consideration of your compliance with the following terms and conditions of use (Terms). Your use of the Website and/or Services constitutes your agreement to the Terms. Mondaq may terminate your use of the Website and Services if you are in breach of these Terms or if Mondaq decides to terminate the licence granted hereunder for any reason whatsoever.

Use of www.mondaq.com

To Use Mondaq.com you must be: eighteen (18) years old or over; legally capable of entering into binding contracts; and not in any way prohibited by the applicable law to enter into these Terms in the jurisdiction which you are currently located.

You may use the Website as an unregistered user, however, you are required to register as a user if you wish to read the full text of the Content or to receive the Services.

You may not modify, publish, transmit, transfer or sell, reproduce, create derivative works from, distribute, perform, link, display, or in any way exploit any of the Content, in whole or in part, except as expressly permitted in these Terms or with the prior written consent of Mondaq. You may not use electronic or other means to extract details or information from the Content. Nor shall you extract information about users or Contributors in order to offer them any services or products.

In your use of the Website and/or Services you shall: comply with all applicable laws, regulations, directives and legislations which apply to your Use of the Website and/or Services in whatever country you are physically located including without limitation any and all consumer law, export control laws and regulations; provide to us true, correct and accurate information and promptly inform us in the event that any information that you have provided to us changes or becomes inaccurate; notify Mondaq immediately of any circumstances where you have reason to believe that any Intellectual Property Rights or any other rights of any third party may have been infringed; co-operate with reasonable security or other checks or requests for information made by Mondaq from time to time; and at all times be fully liable for the breach of any of these Terms by a third party using your login details to access the Website and/or Services

however, you shall not: do anything likely to impair, interfere with or damage or cause harm or distress to any persons, or the network; do anything that will infringe any Intellectual Property Rights or other rights of Mondaq or any third party; or use the Website, Services and/or Content otherwise than in accordance with these Terms; use any trade marks or service marks of Mondaq or the Contributors, or do anything which may be seen to take unfair advantage of the reputation and goodwill of Mondaq or the Contributors, or the Website, Services and/or Content.

Mondaq reserves the right, in its sole discretion, to take any action that it deems necessary and appropriate in the event it considers that there is a breach or threatened breach of the Terms.

Mondaq’s Rights and Obligations

Unless otherwise expressly set out to the contrary, nothing in these Terms shall serve to transfer from Mondaq to you, any Intellectual Property Rights owned by and/or licensed to Mondaq and all rights, title and interest in and to such Intellectual Property Rights will remain exclusively with Mondaq and/or its licensors.

Mondaq shall use its reasonable endeavours to make the Website and Services available to you at all times, but we cannot guarantee an uninterrupted and fault free service.

Mondaq reserves the right to make changes to the services and/or the Website or part thereof, from time to time, and we may add, remove, modify and/or vary any elements of features and functionalities of the Website or the services.

Mondaq also reserves the right from time to time to monitor your Use of the Website and/or services.

Disclaimer

The Content is general information only. It is not intended to constitute legal advice or seek to be the complete and comprehensive statement of the law, nor is it intended to address your specific requirements or provide advice on which reliance should be placed. Mondaq and/or its Contributors and other suppliers make no representations about the suitability of the information contained in the Content for any purpose. All Content provided "as is" without warranty of any kind. Mondaq and/or its Contributors and other suppliers hereby exclude and disclaim all representations, warranties or guarantees with regard to the Content, including all implied warranties and conditions of merchantability, fitness for a particular purpose, title and non-infringement. To the maximum extent permitted by law, Mondaq expressly excludes all representations, warranties, obligations, and liabilities arising out of or in connection with all Content. In no event shall Mondaq and/or its respective suppliers be liable for any special, indirect or consequential damages or any damages whatsoever resulting from loss of use, data or profits, whether in an action of contract, negligence or other tortious action, arising out of or in connection with the use of the Content or performance of Mondaq’s Services.

General

Mondaq may alter or amend these Terms by amending them on the Website. By continuing to Use the Services and/or the Website after such amendment, you will be deemed to have accepted any amendment to these Terms.

These Terms shall be governed by and construed in accordance with the laws of England and Wales and you irrevocably submit to the exclusive jurisdiction of the courts of England and Wales to settle any dispute which may arise out of or in connection with these Terms. If you live outside the United Kingdom, English law shall apply only to the extent that English law shall not deprive you of any legal protection accorded in accordance with the law of the place where you are habitually resident ("Local Law"). In the event English law deprives you of any legal protection which is accorded to you under Local Law, then these terms shall be governed by Local Law and any dispute or claim arising out of or in connection with these Terms shall be subject to the non-exclusive jurisdiction of the courts where you are habitually resident.

You may print and keep a copy of these Terms, which form the entire agreement between you and Mondaq and supersede any other communications or advertising in respect of the Service and/or the Website.

No delay in exercising or non-exercise by you and/or Mondaq of any of its rights under or in connection with these Terms shall operate as a waiver or release of each of your or Mondaq’s right. Rather, any such waiver or release must be specifically granted in writing signed by the party granting it.

If any part of these Terms is held unenforceable, that part shall be enforced to the maximum extent permissible so as to give effect to the intent of the parties, and the Terms shall continue in full force and effect.

Mondaq shall not incur any liability to you on account of any loss or damage resulting from any delay or failure to perform all or any part of these Terms if such delay or failure is caused, in whole or in part, by events, occurrences, or causes beyond the control of Mondaq. Such events, occurrences or causes will include, without limitation, acts of God, strikes, lockouts, server and network failure, riots, acts of war, earthquakes, fire and explosions.

By clicking Register you state you have read and agree to our Terms and Conditions